Equipe especializada em manejo de morcegos 
Cultuado como um símbolo do terror a partir da literatura e do cinema, é pouco comum encontrar alguém que os entendam e não os tratem com repulsa e medo.

Logicamente que essa afirmação está baseada na análise do publico leigo e não nos profissionais ligados a área.

Esses são seus maiores defensores, embora tenham que buscar sempre alternativas para manejar o ambiente urbano, evitando acidentes, contaminações de ambientes e todo desconforto que sua presença provoca nas pessoas.

Em quase todo lugar do mundo acontece a mesma reação. Um inofensivo grupo de Morcegos voa no horário do crepúsculo em busca de insetos ou frutas, e o receio que o Conde Drácula esteja morando com toda sua família no forro da casa, ou condomínio, toma conta dos moradores.

Se a ocorrência acontece em uma indústria ou área de produção de alimentos, o pavor é ampliado por conta do risco de contaminação com fezes, urina e fragmentos que podem cair nos ambientes.

Em quase todo lugar do mundo acontece a mesma reação. Um inofensivo grupo de Morcegos voa no horário do crepúsculo em busca de insetos ou frutas, e o receio que o Conde Drácula esteja morando com toda sua família no forro da casa, ou condomínio, toma conta dos moradores.

Se a ocorrência acontece em uma indústria ou área de produção de alimentos, o pavor é ampliado por conta do risco de contaminação com fezes, urina e fragmentos que podem cair nos ambientes.

Em quase todo lugar do mundo acontece a mesma reação. Um inofensivo grupo de Morcegos voa no horário do crepúsculo em busca de insetos ou frutas, e o receio que o Conde Drácula esteja morando com toda sua família no forro da casa, ou condomínio, toma conta dos moradores.

Se a ocorrência acontece em uma indústria ou área de produção de alimentos, o pavor é ampliado por conta do risco de contaminação com fezes, urina e fragmentos que podem cair nos ambientes.

O controle de morcegos é a melhor forma de evitar acidentes com esses mamíferos incômodos

O controle de morcegos é importante, principalmente por conta da transmissão de doenças. Eles buscam abrigos nos centros urbanos por causa da urbanização que retirou grande parte do seu habitat. Com isso, os homens tiveram que conviver com eles e demais pragas urbanas.

Ressaltamos que o controle de morcegos não deve ser realizado sem conhecimento do assunto, por isso é importante contar com uma equipe especializada. Os animais não podem ser eliminados, são protegidos por lei, então não é qualquer método que deve ser aplicado no serviço.

Passo a Passo do Manejo de Morcegos

O serviço de manejo de morcegos tem estratégias específicas para o remanejamento dos mamíferos com segurança. Só assim é possível alcançar objetivos concretos de sucesso contra os morcegos.

Saiba como é realizado o manejo de morcegos:
» O serviço é feito no final da tarde ou à noite. Isso porque os morcegos têm hábitos noturnos e saem do abrigo para se alimentar. Essa é a melhor hora para a instalação de métodos que vão afastar ou remanejar os animais.

» Os técnicos trabalham protegidos por equipamentos de proteção individual (EPIs) como luvas reforçadas, botas de borracha, roupas de manga longa, entre outros acessórios de proteção.

» A primeira atitude para o manejo de morcegos é a pulverização do ambiente com componentes para higienizar e desinfetar o ambiente. Isso porque as secreções e excrementos dos morcegos são altamente perigosos.

» Depois é realizada a retirada desses dejetos deixados pelos morcegos. Isso porque mesmo após a higienização, os resíduos se misturam no solo e poeira e podem transmitir doenças pelo ar. A Histoplasmose, por exemplo, é contraída dessa forma.

» Agora é a hora de instalar sistemas e barreiras contra a volta e fixação dos morcegos. Alguns deles são telas de proteção e sistemas de iluminação automática. Dessa forma é fácil repelir os animais e realizar o manejo de morcegos com sucesso.

» Por fim é realizado um serviço corretivo com inseticidas de contato para controle de insetos e demais ectoparasitas que se encontram no local por conta dos morcegos. Essa é a fase final do serviço.

Os morcegos são animais muito perigosos e por isso você deve agir rápido
Não hesite em realizar o manejo de morcegos quando você perceber mais de uma espécie voando livre perto da sua área. O serviço pode ser realizado em diversos segmentos como residencial, comercial, industrial, entre outros.

Não deixe que esses mamíferos tomem conta do seu ambiente. Se precisar de ajuda, conte com o trabalho profissional da Turbo Dedetizadora! 
Entre em contato conosco e solicite um orçamento!

» Os morcegos representam cerca de 20% de todos mamíferos

A ordem Chiroptera é formada por mais de 1.200 espécies, o que faz com que os morcegos sejam uma das maiores ordens de mamíferos. Eles só perdem para os roedores, que somam 2.277 espécies e correspondem a 40% dos mamíferos.

Os quirópteros se dividem em duas subordens: megamorcegos e micromorcegos. Os megamorcegos – mais conhecidos como raposas-voadoras – têm uma excelente visão e se alimentam de frutas e néctar. Já os micromorcegos têm como principal característica a ecolocalização e um apetite por insetos e sangue.

» As colônias de morcegos facilitam o controle de pestes

Quando existe uma grande colônia de morcegos na região, não é necessário investir em pesticidas nocivos para a agricultura. Isso porque um único morcego come mais de 600 insetos por hora – o que faz desse animal uma excelente alternativa orgânica no controle de pestes. Com a ajuda deles, a agricultura economiza bilhões de dólares.

Porém, esse recurso se encontra ameaçado. Os cientistas buscam entender como será o futuro desses animais na América do Norte na próxima década, já que eles estão sofrendo com a perda de hábitat e com doenças.

» Alguns morcegos realmente se alimentam de sangue

É fato que algumas espécies de morcegos se alimentam de sangue, mas, ao contrário do que muitos pensam, essas criaturas não chupam o sangue dos animais. Em vez disso, eles usam seus dentes afiados para fazer um pequeno corte na pele do animal. Assim, eles ingerem apenas o sangue que sai do ferimento.

E também se engana quem acha que eles precisam de quantidades enormes de sangue. Em geral, duas colheres de sopa são uma dose diária suficiente para o morcego e uma quantidade que não causa nenhum prejuízo à vítima. Ainda, a saliva dessas espécies é composta por uma substância anestésica que impede que o animal sinta o corte.

» Os morcegos ficam de ponta-cabeça para economizar energia

Se ficarmos alguns minutos de cabeça para baixo já começamos a nos sentir mal, não é mesmo? Mas essa posição é fundamental para que os morcegos conservem energia. Isso porque o sistema circulatório desses animais é bastante diferente do nosso. Essas criaturas passaram por adaptações que garantem que o sangue seja bombeado para as extremidades e distribuído igualmente em todo o seu corpo quando ele está de ponta-cabeça.

Pode parecer estranho, mas é muito mais confortável para um morcego ficar pendurado do que desafiar a gravidade e tentar ficar em pé. E, como eles têm ossos e músculos extremamente leves para o voo, não é esforço nenhum sustentar o peso do corpo.

» Os morcegos são os únicos mamíferos que podem voar

Você pode até se lembrar dos esquilos voadores ou outras espécies menos conhecidas – como o petauro-do-açúcar e o colugo –, que percorrem pequenas distâncias no ar, mas a verdade é que os morcegos são realmente os únicos mamíferos que conseguem levantar voo e se manter no ar.

Ao contrário dos pássaros, que movem totalmente seus membros anteriores, os morcegos voam batendo seus dígitos. A membrana de suas asas é sensível e delicada e, assim como pode ser facilmente danificada, cresce rapidamente.

» Os morcegos formam colônias enormes

A maior colônia natural de morcegos está na caverna de Bracken Bat, no Texas (EUA), e abriga 20 milhões de morcegos. Durante uma única noite, a colônia inteira pode chegar a consumir impressionantes 200 toneladas de insetos! A quantidade de animais é tão grande que, quando eles saem em busca de alimentos, a densa nuvem que se forma chega a ser visível pelo radar responsável pela temperatura.

Já a maior colônia urbana dessas criaturas fica em Austin, também no Texas, onde cerca de 1,5 milhão de morcegos vivem embaixo da ponte Ann W. Richards Congress Avenue Bridge. Depois de passar o inverno no México, os animais migram para a cidade de março a novembro – período no qual impressionam os turistas e moradores com voos incríveis quando saem em busca de alimentos.

Produtos relacionados

Sobre a loja

A Turbo Dedetizadora e Desentupidora a 10 anos atua no mercado goiano, contando com profissionais bem treinados e capacitados tanto no serviço como no atendimento personalizado ao cliente. Possuímos um atendimento altamente qualificado para identificar o seu problema e enviar a equipe técnica ao local.

Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

TURBO DEDETIZADORA & DESENTUPIDORA - CNPJ: 24.493.659/0001-95 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail